Você quer mais vendas na internet?
Veja o que podemos fazer por você.

Nós ajudamos Lojistas como você a superar a crise financeira, quer fazer parte desta história?
Não quero Vender na Internet, Obrigado!

Porque usar o planejador de palavras-chave em minha loja virtual?

Cada vez mais se torna essencial o uso de ferramentas tecnológicas vêm para a melhoria de desempenho de empresas de variados setores. Encontrar a palavra-chave certa é fundamental tanto para atrair mais visitas orgânicas, quanto atrair visitantes mais qualificados.

Embora a pesquisa de palavras-chave seja essencial para SEO e CPC, existem diferenças entre os dois. Com o CPC, você está basicamente dando lances em um leilão, pagando cada vez que alguém clica no anúncio. 

A posição dos seus anúncios nos resultados da pesquisa é determinada pelo seu lance, multiplicado pelo seu índice de qualidade, que em parte é composta da qualidade dos anúncios, palavras-chave e páginas de destino em seu site. Quanto maior a relevância das palavras do grupo de anúncios são uns aos outros, e aos seus anúncios e site, menos você terá que pagar por clique. Isso tem influência em quais palavras convertem mais, ou menos, nas suas campanhas no AdWords.

Resumidamente, o Planejador ajudará você que faz campanhas de links patrocinados a saber quais palavras-chave deve escolher para que seus anúncios fiquem melhor posicionados.Não é somente importante estar na primeira página dos resultados de um mecanismo de busca para termos de busca relevantes, mas é igualmente importante estar nas primeiras posições da primeira página.

Além disso, a ferramenta também ajudará você que quer montar sua loja online, mas ainda tem dúvidas sobre o que vender. Através do Planejador, você conseguirá observar o volume de buscas mensais de determinada palavra-chave e entender se existe demanda para o produto/segmento que você deseja explorar.

Agora que você entende porque pesquisa de palavra-chave é importante e algumas das terminologias básicas, é hora de fazer sua própria pesquisa de palavra-chave. Para começar, você precisará de uma lista inicial de termos de busca que você acredita que seus clientes pesquisariam para encontrar sua loja e os produtos que você vende.

Crie uma lista de palavras-chave

Antes de se aventurar em ferramentas de planejamento de palavras-chave, é importante já ter uma lista básica de palavras-chave por onde começar. Anote todas as palavras que você acha que os seus clientes usariam para buscar o seu produto ou serviço na internet.

Use palavras-chaves amplas para garantir o maior potencial de conversão, como “comprar unicórnios online” e palavras-chave específicas para determinar o nicho, tais como “unicórnios de pelúcia a pronta entrega”.

Voce disse UNICÓRNIOS?!?!

Usando o Planejador de Palavras-Chave

Dentro do planejador de palavras-chave, digite as palavras que já tem em mente para a sua campanha para ter uma estimativa de busca e conversão. Por exemplo, além das palavras já citadas nesse guia para a venda de unicórnios, poderiam ser sugeridas as seguintes palavras: “e-commerce unicórnios”, “loja online de unicórnios”, “ unicórnios de pelúcia importados”. Nesta mesma área, você também poderá ver o tráfego estimado para a sua campanha e o preço médio do CPC (custo por clique) de cada palavra. Com essas informações, você já pode ter uma noção superficial de como está a procura e concorrência do mercado do seu negócio.

Crie uma campanha

O Adwords permite que você crie diversas campanhas e cada campanha é consistida por grupos de anúncios. Cada grupo de anúncio é constituído por palavras-chave que você seleciona para aquele grupo. Essas palavras-chaves, quando forem buscadas nos mecanismos de buscas, poderão ativar anúncios que foram criados para esse grupo de anúncios.

No momento em que você criar a primeira campanha, aparecem diversas opções de formatos. Veja a lista com as especificações de cada tipo de campanha e escolha a que encaixa melhor nas necessidades do seu negócio:

Rede de Pesquisa com exibição em Display: Os anúncios serão exibidos na Rede de Pesquisa e Rede de Display do Google em todos os dispositivos. Esta pode ser uma boa opção se você estiver precisando aumentar CTR (click-through rate - índice de qualidade da campanha) rapidamente, pois o seu anúncio será visível para o maior número de clientes potenciais.

Rede de Pesquisa: Os anúncios aparecerão nos resultados de busca do mecanismo de busca e sites relevantes que fazem parte da Rede de Pesquisa.

Rede de Display: Os anúncios serão exibidos em sites da Rede de Display, que incluem todos os sites de parceria do mecanismo de busca - como YouTube e Gmail.

Google Shopping: Os anúncios aparecerão na área de produtos de e-commerce do próprio Google, portanto, é um formato mais indicado para sites de vendas de produtos.

Vídeo Online: Esta opção irá colocar seus anúncios no YouTube e outros sites na Rede de Display que são relevantes.

Crie um grupo de anúncios

Uma vez criada sua campanha, você poderá criar os grupos de anúncios. Comece utilizando um título relevante que resuma sobre o que são os anúncios, desta forma você será capaz de lembrar do conteúdo do grupo ao longo da campanha.

Dentro do grupo de anúncios, você deverá criar os anúncios que serão utilizados na sua campanha. As opções de anúncios de Links Patrocinados incluem texto, imagem e versão para celular. O construtor de anúncios para a Rede de Display é uma ferramenta que pode ajudá-lo a montar as peças que irá veicular. A ferramenta utiliza a biblioteca de imagens do seu próprio site para montar estas peças.

Para criar um anúncio de texto, você deve ter um título de no máximo 25 caracteres e uma descrição de até 35 caracteres. Os melhores anúncios incluem:

Relevância da palavra-chave: Quanto mais relevantes são as suas palavras-chave e a página de destino do site, melhores serão as performances do seu anúncio. Um exemplo: se você está ofertando tarifas promocionais, o link de destino do seu anúncio deverá levar o usuário diretamente para a página em que está a promoção. Isso fará com que a classificação de anúncios seja mais elevada nos resultados de pesquisa do que aqueles com menor relevância.

Call to Action (CTA): Seu anúncio precisa dizer o que o usuário deve fazer. Exemplos: “Compre agora”, “Reserve agora” ou “Saiba mais”.

Valor: Seu anúncio tem de mostrar ao cliente qual é o valor do seu produto ou serviço. Um exemplo disso é um desconto, oferta gratuita, de qualidade superior ou qualquer coisa que faça com que o usuário queira saber mais sobre o que você está oferecendo.

Planeje seu orçamento

Nessa categoria, o AdWords permite que você identifique tendências de pesquisas. Além disso, ele projeta o desempenho da campanha que você está criando e estima o valor gasto , de acordo com o nível de concorrência dos termos selecionados e da duração da campanha (por cliques).

O sistema é intuitivo e de fácil navegação: não é necessário ser um especialista para explorar as possibilidades e descobrir a melhor opção para a sua empresa. Mas é preciso ter cuidado ao analisar as sugestões do Google para uma campanha que já está ativa. É necessário avaliar cada sugestão com cautela, pois muitas vezes as palavras podem fugir do foco das campanhas, causando uma dispersão do investimento e queda no desempenho. Escolha a opção de lances que funciona melhor para o seu negócio:

CPC: Neste caso (custo por clique), a cobrança só é feita quando alguém clica em seu anúncio. Esta é uma boa opção caso você esteja focado em aumentar o tráfego para o seu site.

CPM: O custo por mil impressões é usado na Rede de Display. Isso é útil se você estiver com uma campanha voltada para o branding da sua marca, pois foca em volume de exibições para seu anúncio.

CPA: No custo por aquisição, a cobrança é feita quando a pessoa que clicou no seu anúncio é convertida em uma venda/cadastro/download. Isto pode ser usado com acompanhamento de conversão e outras aplicações.

Como você já sabe, os links patrocinados permitem que as empresas associem os termos pesquisados com a sua empresa, a escolha correta de palavras-chave é uma forma de direcionar a publicidade às pessoas que realmente têm interesse pelo que você oferece. Mas a escolha das palavras-chave pode ser um desafio para quem não tem experiência com a ferramenta.

Depois que você completar a sua pesquisa de palavras-chave e lentamente implementar as que você escolheu pelo seu site, o Google deverá entender melhor sobre o que é sua loja virtual e assim poderá combiná-la com os resultados de busca corretos.É preciso lembrar que, se você não tem familiaridade com esse ramo, talvez seja recomendável consultar um profissional especializado ou recorrer a uma agência focada em campanhas com links patrocinados.

Dessa forma, você tem a garantia de que o seu dinheiro será investido por quem tem experiência no assunto.

Continue acompanhando nossas atualizações e até a próxima!

A 33AMD criou uma metodologia incrível de SEO para PME

Quer mais informações para alavancar seu negócio?

Entre em contato e solicite mais informações

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Especialista em marketing de conteúdo, escrevo para colaborar o conhecimento.