Você quer mais vendas na internet?
Veja o que podemos fazer por você.

Nós ajudamos Lojistas como você a superar a crise financeira, quer fazer parte desta história?
Não quero Vender na Internet, Obrigado!

Facebook ads: Como fazer da ferramenta sua vitrine virtual

Mais de 1,4 bilhão de pessoas usam o Facebook para se conectar àquilo que é importante para elas, e mais de 900 milhões acessam o site todos os dias. Ao veicular um Anúncio no Facebook Ads, você escolhe seus públicos com base na localização, idade, interesses e muito mais.

Nos últimos anos, uma forma de divulgação que cresceu muito no marketing digital foram os anúncios patrocinados. E uma das principais ferramentas é o Facebook Ads. Os investimentos nessa ferramenta vêm crescendo cada vez mais porque ela, de fato, é capaz de gerar resultados.

Esse potencial pode ser usado de forma muito eficaz para divulgar a sua loja virtual, seja fazer fortalecimento de marca, gerar engajamento com seu público alvo, fazer ações promocionais e claro,gerar vendas.

O direcionamento específico a seu público alvo é um dos motivos pelo qual cada vez mais varejistas optam por anúncios no facebook. Como o Facebook coleta informações únicas e detalhadas da sua persona, se você quiser, por exemplo, vender botas com bico de aço, você consegue alcançar um operário de 33 anos que tem como interesse EPIs.

Com cada anúncio que você cria, você pode escolher o quanto você quer oferecer para ter seu anúncio mostrado para seu público-alvo, bem como se você quer oferecer sobre o custo por clique (CPC) em seu anúncio ou no custo por 1000 impressões (CPM).

Estatísticas mostram que no quarto trimestre de 2015, empresas de e-commerce tinham um custo médio por clique de US$ 0,49 no Facebook. Você também tem o controle completo sobre o seu lance máximo, orçamento por dia e orçamento total para a sua campanha.

É possível começar a testar anúncios com o menor orçamento diário possível para medir o tipo de envolvimento que você começa antes de investir agressivamente em publicidade no facebook ads.

Vale deixar claro que qualquer usuário do Facebook pode criar um anúncio nessa ferramenta, desde que possua uma fanpage, ou seja, uma página corporativa, que pode ser criada gratuitamente por qualquer pessoa ou empresa.

Para aumentar a capacidade dos anúncios de gerar resultados, o Facebook usa uma regra intitulada 80/20. Segundo ela, para que o anúncio seja aprovado pela rede social, ele não pode possuir mais do que 20% de texto. Isso significa que a maior parte do material será composta por imagens.

Tipos de anúncios do Facebook

Existem três modalidades de anúncios no Facebook com foco em e-commerce

As 3 formas mais comuns são:

  • Anúncios para Celulares: Aparecem mesclado no feed de notícias do usuário na plataforma mobile
  • Anúncios no Feed de Notícias do Desktop: Mesmo modelo do anúncio móvel, envolve também os Tablets e computadores
  • Anúncios na Barra Lateral: São os anúncios na coluna direita, disponível apenas para desktop)
Modelos de anúncio no Facebook

Observe também que os anúncios da barra lateral não exigem que você tenha uma página no Facebook.

Como filtrar o meu público alvo para os anúncios do Facebook?

A segmentação de público é feita a partir decritérios demográficos, interesses, gostos, hábitos e todo um conjunto de informação que os utilizadores já fornecem voluntariamente à rede social, permitindo-se assim ter um retrato muito detalhado de quem são e daquilo que os move e do que gostam efetivamente.

Assim cabe à sua empresa saber identificar quem é verdadeiramente o público alvo do seu e-commerce. Depois, basta configurar as campanhas de Facebook Ads para coincidirem com todos esses dados que sabemos sobre os nossos potenciais consumidores para uma segmentação precisa e altamente dirigida para aqueles que provavelmente estarão mais interessados nos seus produtos e serviços, levando a campanhas muito eficazes.

Mais recentemente, o Facebook lançou novas possibilidades de segmentação que vieram permitir campanhas ainda mais afinadas e eficientes. Atualmente, é possível criar e segmentar para públicos personalizados, onde destacamos 3 tipos principais:

  • A partir de uma Base de Dados de emails que o cliente já tenha.
  • Pessoas semelhantes àquelas que já curtem a página.
  • Pessoas que visitaram ou fizeram uma ação no seu Site. (Remarketing)

Escolhendo objetivos

Os anúncios do Facebook têm diferentes propósitos e custos. Alguns são feitos para conseguir mais curtidas para a página, outros são bons para engajar a sua audiência já estabelecida ou servem para transferir a navegação para o seu website.

CPM: Custo por mil impressões

Nessa modalidade, sua publicação aparece no feed de notícias do público segmentado com o propósito de gerar engajamento, seja por curtidas, comentários ou compartilhamentos.

VANTAGEM: Entre as opções de anúncios, o CPM é o de menor custo e serve como uma espécie de vitrine tester para medir o potencial de compra de certo produto, além de possibilitar um compartilhamento orgânico gratuito, pois uma vez que um usuário compartilha seu post patrocinado, seus contatos também verão e poderão engajar com a marca.

DESVANTAGEM: Tem baixo potencial de conversão, não dando muitas possibilidades de remarketing.

CPC: Custo por clique

Na modalidade CPC, além da publicação da sua página, é embutido um botão CTA (call-to-action) com direcionamento para seu website.

VANTAGEM: Tem um potencial de conversão maior que o CPM e um custo moderado, além da opção de remarketing caso seu website tenha o pixel do facebook

DESVANTAGEM: Em comparação com o CPM, a otimização do anúncio CPC é mais lenta, demorando alguns dias para ter resultados.

CPA: Custo por aquisição

O CPC é para as empresas que já tem uma base clientes engajados e uma certa interação pelo facebook. O produto aparece em destaque no feed de notícias do usuário já com o botão de compra.

VANTAGEM: É o botão de retargeting, para um usuário que já foi exposto e tem a maior propensão a comprar o que é, afinal de contas, seu objetivo maior

DESVANTAGEM: Entre as três modalidades é a mais cara, além de precisar de uma base de engajamento para ser efetiva.

Instale o pixel do Facebook Ads

O pixel do Facebook é um pequeno trecho de código que você deve instalar em seu site para obter informações e realizar ações, tais como:

  • Contabilizar o número de conversões realizadas a partir de campanhas do Facebook Ads;
  • Criar uma lista de retargeting, ou seja, toda vez que uma pessoa estiver “logada” no Facebook e passar pelo seu site (isto é, muita gente), o Facebook saberá essa informação e permitirá que você exiba anúncios para todas essas pessoas dentro da rede;
  • Criar uma lista de público semelhante (Lookalike Audience). Com base na lista das pessoas que passaram pelo seu site, o Facebook irá procurar outras pessoas com perfil parecido, expandindo assim a audiência dos seus anúncios.

Sendo assim, para aumentar (e muito) seus resultados e diminuir o custo por Lead, é bem importante que você tenha o pixel instalado.

Definindo orçamento do seu anúncio no Facebook

É bom ter em mente quanto você quer gastar com uma campanha e quais são as pessoas que devem ser atingidas pelo anúncio. Assim que sua peça estiver pronta, é necessário dimensionar a verba a ser utilizada nesta campanha. O tempo de exposição e o tamanho do público a ser atingido são alguns fatores que irão encarecer a sua publicidade, por isso fique de olho nesses números.

Não é necessário investir um orçamento mínimo, você pode escolher entre dois tipos de pagamento: Pagar por Impressões (CMP) ou Pagar por Cliques (CPC).

Se você escolher a opção CMP, vai pagar a cada mil vezes que alguém veja o seu anúncio, mesmo que o anúncio não tenha nenhum clic ou ação. De fato, esta é uma boa opção quando o objetivo é aumentar a visibilidade da marca.

Por outro lado, se você escolher CPC, vai pagar somente por cada clic dado no anúncio, o que garante que um usuário não só viu como também clicou no mesmo. Embora seja um pouco mais caro e ‘menos massivo’,fornece estatísticas mais precisas, assim como ajusta seu orçamento de forma mais eficaz, portanto, é uma excelente escolha para pequenas e médias empresas que estão apenas começando.

Além disso, também existe a opção alcance único diário para que o seu anúncio seja mostrado somente um vez ao dia a um mesmo usuário. Não é o mais recomendado para públicos de pequenas proporções ou para anúncios localizados na lateral direita do Facebook.

Não se esqueça que o objetivo primário do facebook ads é a conversão.

Muita gente se impressiona com alguns números comuns em Web Analytics: número de pageviews, seguidores no Twitter, pessoas que curtiram no Facebook, visualizações no Youtube etc.

Esse tipo de métrica costuma fazer muito bem para o ego. O responsável de Marketing ganha crédito e admiração na empresa e tudo parece perfeito. Falta, no entanto, um ponto essencial: quanto isso contribui para as vendas? Afinal, vender é a única atividade que efetivamente traz dinheiro para dentro da empresa. Todo o restante é custo.

Uma das grandes vantagens do Marketing Digital é sua alta capacidade de mensuração, e não utilizá-la corretamente pode ser considerado um desperdício.

Falando de Facebook Ads, um erro bem comum que observamos ocorre quando as empresas focam grande parte do seu orçamento em aquisição de fãs, ou seja, em aumentar o número de curtidas da página.

É claro que quantidade é importante, pois isso serve de prova social e transmite credibilidade para muitas pessoas que ainda não conhecem a empresa. Acontece que, como dissemos anteriormente, focar nessa métrica não será algo que trará retorno em vendas de forma direta.

Outro fator aqui é o baixo alcance orgânico: quando você compartilhar alguma coisa na página da sua empresa, essa atualização não será exibida para 100% dos seus fãs. Pelo contrário, será exibida para uma fatia bem pequena, sendo que, para alcançar mais pessoas, deverá pagar para isso.

A recomendação, nesse caso, é focar os anúncios em “conversões no site”, como mostra a imagem abaixo. Isso porque a métrica final (conversões) representa de fato algo que terá impacto financeiro, seja imediatamente, quando o anúncio for para um produto, ou indiretamente, quando o foco for a geração de Leads.

Não dá mais para ficar de fora das novas maneiras de anunciar na internet. Renegar o Facebook ou utilizá-lo apenas para lazer é um tiro no pé de qualquer negócio, por isso é bom ter em mente que a visualização de marcas na rede só cresce e as facilidades para criar anúncio também estão em franca expansão. Já utilizou o Facebook para promover seu negócio? Continue acompanhando nossas postagens e até já!

A 33AMD criou uma metodologia incrível de SEO para PME

Quer mais informações para alavancar seu negócio?

Entre em contato e solicite mais informações

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Especialista em marketing de conteúdo, escrevo para colaborar o conhecimento.