Você quer mais vendas na internet?
Veja o que podemos fazer por você.

Nós ajudamos Lojistas como você a superar a crise financeira, quer fazer parte desta história?
Não quero Vender na Internet, Obrigado!

Estratégias de Marketing Bancos Brasileiros

Marketing Bancos Brasileiros: O setor bancário está totalmente conectado ao relacionamento com o cliente, que procura segurança para o seu dinheiro e soluções para as obrigações financeiras cotidianas.

Estratégias de Marketing Bancos Brasileiros

O setor bancário está intrinsecamente conectado ao relacionamento com o cliente, que procura segurança para o seu dinheiro e soluções para as obrigações financeiras cotidianas.

Para que o cliente sinta-se satisfeito com a experiência que o banco proporciona, faz-se necessário investir nos funcionários – através de escolha qualificada, treinamento e suporte -, uma vez que eles são o rosto da empresa, responsáveis por suscitar e cultivar o relacionamento interpessoal entre a organização e o indivíduo.

Além da atenção despendida com recursos humanos, os bancos devem usar o marketing para gerar e manter esses relacionamentos. O presente artigo visa elucidar as principais estratégias de marketing dos bancos brasileiros, bem como a observação de alguns casos.

O que é marketing bancário?

O marketing bancário é um serviço especializado, não só por pertencer ao setor terciário, mas também por apresentar características que não são encontradas em outras categorias de serviços.

Com a competitividade acirrada, as instituições financeiras do Brasil passaram a reconhecer a importância do relacionamento com os clientes como forma de fidelização. O segmento foi um dos primeiros a notar a importância de um tratamento personalizado para os clientes.

Características do Marketing Bancos Brasileiros

O marketing bancário é a união de várias vertentes do marketing para esse setor específico. Portanto, é possível observar características de diferentes tipos de abordagens.

1. Marketing de Relacionamento

Marketing de relacionamento é o processo de proporcionar satisfação contínua e reforço aos indivíduos ou organização que são ou foram clientes. Dessa forma, a relação entre um cliente e o seu banco começa antes do primeiro contato entre ambos.

As instituições financeiras projetam uma imagem de solidez ao mercado, além de outros valores que julgarem convenientes. A partir dessa percepção, o cliente desenvolve confiança e decide abrir a sua conta-corrente em determinado banco.

2. Encontros de Serviço

Encontros de serviço são as interações pessoais entre clientes e empregados das empresas durante determinado tempo. As interações entre os clientes e equipamentos de auto-atendimento ou instalações físicas também podem ser considerados como encontros.

Outros aspectos: ambiente físico e social, segurança, sinalização, iluminação, limpeza, temperatura, conservação das máquinas, pintura e decoração, entre outros. De acordo com a natureza do serviço, as interações podem ser pessoalmente ou mediadas por máquinas e tecnologias.

3. Intangibilidade: Os serviços são performances e não objetos que possam ser contados, medidos ou testados, implicando em necessidade de serem desenvolvidas as mais diversas técnicas.

4. Inseparabilidade: Inseparabilidade entre produção e consumo. Muitas vezes são simultâneas, determinando um contato entre o fornecedor do serviço e o cliente.

5. Heterogeneidade: Os desempenhos são variáveis, o que dificulta a manutenção de um padrão de qualidade nos serviços e produtos de todos os departamentos.

6. Perecibilidade: Adequação entre oferta e demanda que, no caso da indústria bancária, apresenta flutuações mensais.

Objetivos do Marketing Bancos Brasileiros

- Desenvolver campanhas de comunicação e orientação ao público interno e externo;

- Aumentar a percepção de valor do cliente;

- Mensurar o grau de satisfação em relação ao atendimento;

- Personalizar o atendimento, de acordo com o perfil de cada cliente;

- Criar canais alternativos de qualidade, como Internet Banking, auto-atendimento e centrais de atendimento ao cliente;

- Padronização da interação interpessoal dos funcionários com os clientes;

- Disseminar dicas de educação financeira;

- Melhorar a utilização dos espaços das agências para oferta de produtos e serviços, através da aquisição de expositores padronizados e da definição de políticas para utilizar espaços de exposição de materiais publicitários.

Estratégias:

1. Mídias Sociais

De acordo com Felipe Datt, as mídias sociais – Facebook, LinkedIn, Instagram, Twitter, Google+ etc. – se tornaram ferramentas de publicidade abrangentes. Além de serem econômicas, para a promoção de serviços, soluções ou ações institucionais, são capazes de humanizar o relacionamento entre clientes e empresas.

2. CRM – Customer Relationship Manager (Gerente de Atendimento ao Cliente)

Os sistemas de CRM oferecem aos gerentes um instrumental para entender os seus clientes e modelar seus serviços. A utilização desses sistemas pode auxiliar na fidelização dos clientes, mas isso só acontecerá enquanto o serviço oferecer qualidade superior ao preço.

3. Marketing Composto

Geralmente, os serviços são produzidos e consumidos simultaneamente. Para atingir o nível desejado de satisfação de seu público-alvo, o marketing composto é uma ótima alternativa.

Convencionalmente, divide-se o marketing composto nas seguintes categorias:

- Produtos: qualidade, características, opções, estilo, embalagem, tamanhos, serviços, garantias, devoluções e marca;

- Preço: preços de tabela, descontos, margens, prazos de pagamentos, condições de crédito;

- Praça: canais, cobertura, localização, estoques, transporte;

- Promoção: propaganda, promoção de vendas, publicidade;

- Evidências físicas: disposição de objetos, materiais utilizados, formas/linhas, luzes e sombras, cor, temperatura e ruído;

- Processos: políticas e procedimentos, duração do ciclo de fabricação e entrega, sistemas de treinamento e remuneração;

- Pessoas: fornecedores de serviços, atendimento ao cliente, outros funcionários e outros clientes.

Casos de estratégias de marketing nos bancos brasileiros

1. Itaú

Evolução Visual

O primeiro esforço no sentido de unificar a identidade das diferentes instituições que o ITAÚ englobava ocorreu em 1966. Em 1973, Francesc Petit da agência DPZ, criou o logotipo que hoje nos é familiar. Inicialmente era preto com o nome grafado em letras minúsculas em branco. Somente em 1992 ganhou a cor azul (fundo) e amarela (nome). Nos anos seguintes o logotipo passou por alterações, ganhando um fundo quadrado laranja.

Evolução dos Slogans

Seja cliente de um banco só. (1975)

Itaú: pode entrar que a casa é sua. (1979)

O Itaú está onde você precisa. (1988)

Itaú: todo dia um banco melhor para você. (1992)

Itaú: pronto para o futuro. (1995)

Itaú. Feito para você. (2001)

Itaú: 60 Anos Sendo Feito para Você. (2005)

Feito para você. (2006)

Campanha de sucesso

Uma das campanhas de mídia externa de maior sucesso da publicidade brasileira foi criada para o ITAÚ em 2003, pela agência África, mais precisamente por Nizan Guanaes.

O objetivo era falar diretamente com consumidores de perfis variados, baseando-se no slogan “O Itaú foi feito para você”. A campanha institucional visava se comunicar diretamente com cada perfil de cliente, ressaltando que o respeito às diferentes culturas e perfis.

Por exemplo, em Porto Alegre, uma das peças trazia como título “Guris e gurias. O Itaú foi feito para vocês”. No Rio de Janeiro, “Garota de Ipanema e Meninos do Rio. O Itaú foi feito para vocês”. Em Salvador: “Meu rei. O Itaú foi feito para você”.

2. Santander

Evolução Visual

A identidade visual da marca passou por inúmeras mudanças ao longo dos anos. De 1857 a 1986, a marca passou por três alterações, ainda quando se chamava Banco de Santander.

A partir de 1986, algumas mudanças drásticas ocorreram: mudança de nome para Banco Santander (sem a preposição “de”), cores e logotipo. Depois de passar por mais duas alterações, o atual logotipo da marca foi adotado em 2007.

Evolução dos Slogans

Un banco para tus ideas. (Espanha, 2013)

El Valor de las Ideas. (Espanha)

Value from ideas. (Inglaterra)

Um banco para suas ideias. (Brasil, 2013)

Sua vez. Sua voz. Seu Banco. (Brasil, 2012)

Banco do Juntos. (Brasil, 2011)

Vamos fazer juntos. (Brasil, 2010)

Valorizando ideias por uma vida melhor. (Brasil, 2009)

O Valor das Ideias. (Brasil, 2007)

Inovando para você crescer. (Brasil)

Pásion por darle más. (Colômbia)

As estratégias de marketing dos bancos brasileiros estão totalmente associadas ao crescimento da competitividade no setor financeiro. Com a globalização e interconexão digital, tornou-se imprescindível o estudo de técnicas de marketing, bem como o uso da propaganda das organizações.

Particularmente, ressalta-se o marketing de serviços, com ênfase em marketing bancário para os conglomerados financeiros. Trata-se essencialmente de um instrumento de análise de mercado que busca redirecionar os esforços do banco no sentido de comercializar serviços, idéias e dar orientações aos clientes, e não apenas como distribuidor de investimentos e créditos.

Para embasar essa política, os bancos têm-se investido massivamente em canais de comunicação diversificados, com o intuito de atrair e posicionar o nome e a imagem da instituição no mercado.

Dúvidas ou sugestões, deixe seu cometário aqui em baixo e continue nos acompanhando.

Até a próxima. ;)

A 33AMD criou uma metodologia incrível de SEO para PME

Quer mais informações para alavancar seu negócio?

Entre em contato e solicite mais informações

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Apaixonada pelo conhecimento e analista de marketing.