Você quer mais vendas na internet?
Veja o que podemos fazer por você.

Nós ajudamos Lojistas como você a superar a crise financeira, quer fazer parte desta história?
Não quero Vender na Internet, Obrigado!

BING WEBMASTER

O Bing Webmaster Tools é um serviço da Microsoft e apesar de ser pouco conhecido, é muito importante para o SEO, pois fornece relatórios com informações para fazer ajustes necessários e assim melhorar o posicionamento das postagens nos resultados em todos os mecanismos de busca

O Bing Webmaster Tools oferece, por uma quantia justa, dados para os webmasters usarem e resolverem problemas potenciais de SEO, além de servir como o principal mecanismo para comunicar essas questões aos proprietários do site. 

Sabia que 1 a cada 5 pessoas que fazem buscas na internet, utilizam o Bing? Apesar de não ser muito explorado, o buscador Bing acaba atingindo uma gama bem especifica de usuários e, com grandes chances de conversão.

Descobrindo a internet cada dia um pouco mais

**Os fatores de qualidade de página valem para todos os buscadores!**

O Bing está crescendo anos após ano. Isso pode significar um bom aumento no número das visitas que você recebe. ;)

Para aqueles que ainda não estão familiarizados, este artigo irá orientá-lo e ajudá-lo a melhorar aproveitamento das ferramentas disponibilizadas.

Como usar o Bing Webmaster: um guia rápido para iniciantes

1. Acesse o site http://www.bing.com/toolbox/webmaster  e registre-se com uma conta da Microsoft (@live.com)

2. Registre e verifique o domínio do seu website.

3. Envie o sitemap que você criou ao selecionar “sitemaps” em “Configure meu site”.

4. Uma vez verificado o website, você pode navegar através dos diferentes relatórios.

Se você não sabe o que procurar, pode acabar perdido entre os dados e relatórios. Eis as  ferramentas de relatórios essenciais do Bing Webmaster:

1. Cadastre-se para receber notificações no seu e-mail: Clique em “Perfil” no menu superior direito  Contato  Preferências de alerta.

2. Crawler e acesso de erros: Veja o relatório selecionando “informações de rastreamento” em “relatórios e dados”.

3. Bingbot: Selecione “Bingbot” em “Diagnósticos e Ferramentas”.

4. Palavras-chave: Você pode ver o relatório de busca de palavras-chave, status dos índices e Inbound Links em “Relatórios e Dados”.

Após essa breve introdução, que tal ir um pouquinho mais afundo nas ferramentas que o Bing Webmaster oferece?

1. Adicionando um site: O primeiro passo é fazer login no Bing Webmaster. Em seguida, digite a URL de sua página inicial e clique no botão “adicionar”. Isso o levará a uma tela onde você deverá colocar a URL correspondente ao mapa do site e algumas informações básicas. Após clicar em “adicionar”, você será levado à página do painel, onde encontrará uma miniatura da homepage e uma nota informando que você precisa verificar o site. Para fazê-lo clique em “verificar agora”.

2. Verificação: OBing Webmaster oferece vários métodos de verificação.

- Verificação de Arquivo XML: Com esta opção você vai baixar um arquivo chamado "BingSiteAuth.xml", que terá automaticamente uma entrada com senha para a sua conta. Este arquivo terá de ser colocado no diretório-raiz do seu site. Uma vez lá, clique em “verificar” na parte inferior da página.

- Verificação Meta Tag: Com esta opção, você terá uma linha de código e deverá colocá-la na seção “página inicial” do seu site. Assim que estiver lá, clique em “verificar” na parte inferior da página.

- Verificação DNS: Opção mais técnica do que as anteriores. Nela você precisará adicionar um registro CNAME com o nome fornecido ao verify.bing.com. Após adicionar, clique em “verificar” na parte inferior da página.

3. Dashboard ou Painel de Controle: Ao clicar no seu site, você é redirecionado para o painel. Lá é possível ver dados que mostram as tendências ao longo do último mês - cliques, impressões, páginas rastreadas, erros de rastreamento e páginas indexadas. Você verá algumas informações básicas presentes no seu sitemaps, as melhores palavras-chave e principais páginas relacionadas.

4. Ignorar os parâmetros de URL: Aqui você tem a possibilidade de instruir o rastreador Bing (Bingbot) a ignorar parâmetros de URL que não têm impacto sobre o conteúdo da página; isto é, preocupar-se com o conteúdo duplicado (diferentes URLs, mesmo conteúdo), instruindo os indexadores para ignorar certos parâmetros, reduzindo o potencial de conteúdo duplicado.

5. Controle de Crawl: O Bing Webmaster permite personalizar o seu padrão de Crawl. Você pode optar pelas configurações padrões ou especificar.

6. Deep links: Eles dão mais visibilidade à sua página nos resultados de pesquisa, fornecendo opções adicionais de conteúdo para os usuários clicarem. Estas opções se baseiam no que o Bing julgar ser mais importante ou relevante para os usuários.

7. Bloquear URLs: Se você precisar remover uma página ou um diretório do índice do Bing, simplesmente selecione-a (o), digite a URL e clique em um dos botões do bloco, dependendo se você está bloqueando apenas o cache ou completamente. O Bing não exige que você tenha removido ou redirecionado o conteúdo original.

8. Visualização de página: Com este recurso você pode bloquear a visualização de uma página ou solicitar uma atualização da mesma. Isso é especialmente útil quando você já indexou o conteúdo, mas precisa removê-lo o mais rápido possível por questões legais ou outros. Vale lembrar que pode levar até 24 horas para a remoção de pré-visualização/atualização da realmente acontecer.

9. Segmentação geográfica: Permite que você defina informações de segmentação geográfica para o seu site inteiro, subdomínio, diretório ou página individual. O Bing Webmaster usar esses dados para filtrar como o seu site será exibido nos resultados de pesquisa nos motores de busca.

10. Páginas Interconectadas: Se o seu site tem páginas em redes sociais você pode conectá-los à sua conta do Bing Webmasters. Basta digitar as URLs apropriadas para as páginas que deseja incluir e apertar o botão “verificar”. Depois de adicioná-las, você pode monitorar o tráfego que essas páginas estão gerando para o seu site.

11. Tráfego: É possível acompanhar as estatísticas de tráfego das suas páginas e identificar as áreas com melhor desempenho no site. É possível ver os cliques, as impressões, CTR, posição média quando o clique foi recebido etc.

12. Relatório de dados: Aqui são apresentadas dicas para melhorar seu site, partido em 3 principais funcionalidades:

Relatórios e Dados / Relatórios SEO: Na primeira página é possível ver uma lista com o resumo dos problemas encontrados, sua intensidade (grave ou não), o número de ocorrência de erros e o número de páginas onde ele ocorreu.

Clique em um item da lista, serão exibidas informações detalhadas, dicas sobre como resolver o problema e uma lista das páginas onde ele está acontecendo. 

Relatórios e Dados / Links de Entrada:Este relatório mostra o número de links externos que apontam seu site.Esse relatório apresenta a evolução das referencias (links) ao longo do tempo e também, página a página.

É um apoio interessante ao trabalho de link building.

Diagnósticos e Ferramentas / Analisador de SEO: Este é outro relatório, de forma a analisar o SEO de uma página específica.Basta informar o endereço da página (URL) e clicar em “Analisar” para ver os resultados.>Para ter mais informações sobre uma determinda página, clique sobre ele na lista e depois no botão “+” acima da imagem de sua página. 

Com tantas ferramentas incríveis disponibilizadas pelo Bing Webmaster, não é de se espantar que um iniciante perca de vista o real objetivo deste recurso, que é obter percepções sobre o seu site. Tudo o que você precisa ter em mente são quatro letras: PRDN – painel, relatórios, diagnósticos e notificações.

Através do painel você pode gerenciar os seus sites, obtendo uma exibição de resumo do desempenho de cada um e identificar quais aspectos precisam de ênfase ou mais atenção.

As ferramentas de relatórios te ajudam a entender o que conduz as pessoas para o seu site. Para saber como fazê-las voltar ao seu site, valha-se das informações providas pelas ferramentas de diagnóstico e pesquisa, particularmente sobre o que as pessoas estão pesquisando e para quais áreas expandir em seguida.

Por último, mas não menos importante, mantenha o controle sobre as mensagens e alertas dos seus sites, configurando o recebimento de notificações da maneira que for mais conveniente para você.

Quer saber mais sobre o Bing Webmaster?

Se você estiver a fim de saber mais sobre o Bing Webmaster e Marketing Digital, não deixe de acompanhar nossas postagens. Até a próxima!

A 33AMD criou uma metodologia incrível de SEO para PME

Quer mais informações para alavancar seu negócio?

Entre em contato e solicite mais informações

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Estudante de Letras na USP, especialista em Marketing de Conteudo.