Você quer mais vendas na internet?
Veja o que podemos fazer por você.

Nós ajudamos Lojistas como você a superar a crise financeira, quer fazer parte desta história?
Não quero Vender na Internet, Obrigado!

A importância de long tail SEO

Quando escolhemos as Long Tails temos mais chances de subir nas posições de buscas, além de termos mais possibilidade de conseguir a venda, justamente pelo fato de serem termos mais específicos.

Ao falar de Long tail SEO, naturalmente associamos o termo com palavras-chave, o que não deixa de estar certo, mas em um sentido mais geral, Long Tail também comporta modelos de negócios inteiros voltados exclusivamente para nichos específicos, que é onde estão as Long Tail Keywords.

Existem dois grupos iniciais de divisão de palavras-chavee: as genéricas e as específicas. O segundo grupo também leva o nome de long tail keywords, ou palavras da cauda longa. Tais palavras se caracterizam por frases ou termos que especificam uma busca. Como exemplo, podemos citar “filhotes” como genérica e “filhotes de cachorro porte pequeno” como específica.

Podemos ainda, fazer a seguinte associação:

Long Tails:

As Long Tails, ou palavras-chave de cauda longa, são formadas com três ou mais palavras criando uma pequena frase. Quando escolhemos as Long Tails temos mais chances de subir nas posições de buscas, além de termos mais possibilidade de conseguir a venda, justamente pelo fato de serem termos mais específicos.

Palavras-chave com variações, como por exemplo: mochila de nylon para academia, vestido florido sem mangas, costumam possuir menos volume de pesquisa, menor concorrência e maior taxa de conversão. Por isso, utilize esse tipo de palavra-chave se seu intuito for a venda de um produto ou serviço a curto prazo..

Short Tails:

As Short Tails variam de uma a três palavras nas pesquisas, ou seja, são termos menos específicos se comparados às Long Tails, como por exemplo, skate azul. Quando escolhemos as Short Tails temos uma maior concorrência para conseguir posições no Google, além de menor possibilidade de conseguir a venda.

Normalmente, esse tipo de termo possui maior procura e menor taxa de conversão. Por isso, é mais indicada em casos onde o intuito é trabalhar branding ou posicionamento da marca.

Head Tails:

As Head Tails são formadas por apenas uma palavra, sendo bastante genérica. Por esse motivo, são as palavras-chave que possuem o maior volume de buscas mensal para um determinado nicho

Um exemplo é a palavra batom: ao pesquisar por esse termo irão aparecer diversos sites e os primeiros obviamente são os mais conhecidos, dificultando a indexação. Além disso a probabilidade de compra é menor, pois o usuário pode procurar um tipo específico de batom ou apenas uma resenha, não estando no momento de realizar uma compra.

As head tails são mais indicadas para trabalhar branding ou posicionamento da marca, em uma estratégia a longo prazo. Esse tipo de palavra-chave possuí uma taxa de conversão bastante inferior se comparada aos demais.

Quando alguém faz uma busca por uma palavra específica, normalmente é porque procura um direcionamento também mais específico, seja para aprender mais sobre um produto ou serviço, ou ainda com interesse de comprar um determinado produto.

O grande ponto é fornecer a este tipo de usuário exatamente o que ele deseja. Sendo assim, no SEO,explorar as variações de uma palavra-chave, fazem com que você atinja uma maior quantidade de usuários, que normalmente, já sabem especificamente o que desejam.

Com esta capacidade de fornecer a busca exata, o seu website, obtém uma vantagem sobre os concorrentes e aumenta seu índice de relevância, pois os mecanismos de busca entendem que aquele termo específico direcionado à sua página tem uma baixa taxa de rejeição. A recomendação de apostar na estratégia das long tails está justamente em oferecer maiores possibilidades para ser encontrado pelo seu usuário, ainda que os acessos sejam baixo individualmente.

Pense como sua persona

A vantagem de se trabalhar com long tail é ter a possibilidade de pensar como sua persona. Ao acessar um mecanismo de busca e digitar palavras longas, o usuário visa encontrar diretamente o que ele busca, seja para informação ou para compra de um produto.

Com uma maior variação de palavras no SEO, a chance de se atingir o público-alvo e aumentar as taxas de conversão são otimizadas. Tal prática se traduz em um maior ROI. O uso adequado de long tail em SEO aliado a uma página de conteúdo pode melhorar seu posicionamento para buscas orgânicas.

Portanto, ao buscar novas palavras para seu trabalho em otimização, além de pesquisar os termos mais procurados, procure visualizar o que o seu nicho de mercado está querendo. Pense como o usuário e dê a ele o que deseja.

Um erro comum é criar conteúdo somente para as palavras Head Tail pensando que assim conseguirão obter as primeiras posições para a página. Porém, os robôs de SE analisam todo o conteúdo de um site e são capazes de identificar se o site tem conteúdo sobre as demais palavras relacionadas, as palavras-chave do mesmo campo semântico.

Outro erro é criar um site com duas ou poucas páginas e investir muito em link building achando que assim conseguirá melhorar o ranking. Com as atualizações Penguin e Panda, mais e mais rapidamente essa estratégia é identificada e no longo prazo ela se torna ineficaz, podendo levar o site até ser banido do Google.

Se você tem um site sobre produtos de beleza, não pense só em conteúdo relevante para as pessoas com a palavra “batom”, trabalhe com palavras-chave de cauda longa que podem tornar o seu site mais útil para as pessoas do que os dos concorrentes.

Como Descobrir as Long Tails?

O próprio Google pode ajudar você a descobrir keywords para seu trabalho de otimização. Através de suas ferramentas, é possível procurar termos relacionados ao seu negócio, encontrar variações de palavras partindo de um termo genérico e medir o nível de buscas médias de cada uma delas para decidir quais são as melhores para se trabalhar.

Dentre as ferramentas, destacamos como uso essencial as seguintes:

Adwords Keyword Tool: uma das ferramentas do Adwords, o PPC do Google, o Keyword Tool permite encontrar variações e sinônimos de uma palavra qualquer. Basta digitar o termo para receber uma lista de sugestões, com o nível de concorrência de cada uma, bem como a média de buscas no último mês e no geral.

Analytics: instrumento básico para analisar tudo sobre seu site. Entre outras opções, é possível enxergar quais keywords são utilizadas pelos usuários para entrar em sua página. Assim, você pode verificar as estatísticas de visitas e passar a adotar as palavras mais usadas. As long tails também estarão por lá.

Insights: o Google Insights é uma ferramenta que permite analisar o desempenho isolado de termos com uma estatística mais detalhada. Além de oferecer dados por períodos diversos, o Insights traz keywords que estão em ascensão, ou seja, que estão ‘na moda’ entre os usuários. Uma boa para atacar palavras do momento.

Introduza as long tails como um aliado a mais no SEO de seu site. Trabalhe com elas buscando oferecer maiores possibilidades e estude as estatísticas para acompanhar os resultados e perceber se a estratégia está funcionando!

E o SEO com isso?

Se você realmente está acompanhando SEO, as mudanças no Google e estudos sobre conversão, vai saber por onde caminhar em SEO. Não se trata mais de ser o primeiro em termos genéricos e ter milhares de visitas, o foco é utilizar diversas long tail keywords ainda que direcione poucas visitas em cada uma, porém com conteúdo específico que permita vencer os principais concorrentes e superá-los em conversão.

Marcas como Amazon ficaram extremamente grandes e fortes, com rankings nos termos principais e long tails, pois ninguém cobria nichos específicos e todos queriam rankings nos termos principais, onde está o maior volume de buscas. Mas com o passar do tempo, o que aconteceu foi que começaram a surgir sites específicos, abordando nichos e pessoas com preferências mais exclusivas e, assim, esses pequenos negócios ficaram mais relevantes que as grandes marcas para estes espaços específicos.

O resultado, pouco a pouco, foi o aumento de competitividade e perda de espaço na cauda longa a cada novo site especializado em um nicho que surgia. A solução encontrada foi similar ao que acontece no mundo offline.

Grandes marcas resolveram então não competir nesses mercados específicos por si só, mas comprar as marcas menores que estavam se destacando e ocupar o espaço, sem que o consumidor final perceba a diferença. Online, a história é semelhante. Grandes marcas podem ocupar esses espaços específicos seja pela associação aos sites que já ocupam este espaço.

Assim, o cenário principal continua ocupado por grandes empresas e, atrás das cortinas, marcam presença também em nichos específicos garantindo sua participação no Long Tail Business.

Long Tail Business SEO

Muitos empreendedores enxergaram essa vantagem de possuir sites e domínios que tenham uma tendência de ganhar rankings facilmente em Long Tails diversos nichos começaram a ser ocupados com esses sites de pequenos negócios. Em muitos casos, sites SPAM começaram a popular os resultados de busca e isso levou o Google a atualizar seus algorítimos.

O objetivo do Google com esta atualização é justamente balancear qualidade e relevância, o site se preparou para a mudança, testou e ela veio para ficar. O Google buscan fazer com que sites e páginas de maior qualidade apareçam em buscas utilizando long tail keywords. É uma grande oportunidade para que sites que tenham um SEO onpage robusto (no estilo da Wikipedia) se sobressaiam, especialmente em casos de grandes e-commerces. Naturalmente, ter conteúdo interessante que tenha angariado diversos links ao longo do tempo é igualmente fundamental.

Assim, gerenciar sites em Long Tail também tem as dificuldades de se competir em head tails. O Google subiu o padrão de qualidade mesmo para se obter bons rankings em long tail keywords. Ter simplesmente um conteúdo levemente otimizado e poucos links, não mais resolve a questão. Pode ser necessário um esforço bem maior. É claro que tudo isso fica condicionado ao nicho que se trabalha.

Ao mesmo tempo que vimos sites em um segmento perdendo espaço após o update, vimos também outros sites no mesmo segmento mantendo o seu status. Mas esta atualização é um sinal mais do que claro de que se deve investir em desenvolvimento de SEO de qualidade, pois, cedo ou tarde, a mudança de algoritmos pode atingir nichos intocados até o presente momento.

O fato de um site possuir conteúdo com palavras-chave de cauda longa e palavras-chave de head tail ajuda na reputação desse site, que passa a ser reconhecido pelos leitores como um site especialista no assunto.

O buscador do Google atualmente leva menos tempo para reconhecer um site como especialista e lhe atribuir as  primeiras posições. Portanto, se um site quer estar bem posicionado para as palavras chave com muitas buscas (Head Tail) é necessário ter conteúdo relevante para as palavras-chave de cauda longa também. Então continue atualizado com as melhores táticas de SEO aqui na 33AMD pra garantir que sua empresa será vista também.Até já!

A 33AMD criou uma metodologia incrível de SEO para PME

Quer mais informações para alavancar seu negócio?

Entre em contato e solicite mais informações

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Especialista em marketing de conteúdo, escrevo para colaborar o conhecimento.